Foco do Brasil

Programa do Governo Bolsonaro apoia promoção de moradia Andreia Luiza Matias - 10/11/21 22:54

Imagem: Anderson Riedel/PR

Desde o início de seu governo, o presidente Jair Bolsonaro tem destacado a importância da casa própria. Além do discurso o Governo Bolsonaro tem tomado algumas ações para assegurar moradia a brasileiros de baixa renda. Neste ano, por meio do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), o governo apresentou 12 projetos em cidades brasileiras no âmbito do Programa Pró-Moradia.

De acordo com o governo, as medidas garantem que “R$ 174,6 milhões poderão ser financiados, em recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), para ações de regularização fundiária, melhorias habitacionais, urbanização integral ou parcial e intervenções estruturantes.”

Segundo o secretário nacional de Habitação do MDR, Alfredo dos Santos, “o Pró-Moradia apoia estados e municípios para que sejam executadas obras de empreendimentos habitacionais e ações de urbanização e regularização de assentamentos precários. Ele visa, justamente, melhorar as condições de moradias em favelas, palafitas, loteamentos informais, cortiços ou conjuntos já degradados.”

Curitiba (PR) é a cidade brasileira com mais projetos selecionados neste ano. Na cidade paranaense quatro comunidades serão beneficiadas. De acordo com o prefeito de Curitiba, Rafael Greca, “o Programa Pró-Moradia vai nos ajudar a entregar as casas, tornando o MDR um benfeitor de Curitiba e saneador da injustiça social que ocorre às margens do Rio Iguaçu.”

No estado de Sergipe, o maior aporte para projetos selecionados pelo Pró-Moradia em 2021 será para obras de urbanização em duas comunidades de Aracaju. Serão financiados R$ 80,7 milhões pela capital sergipana em ações que irão beneficiar cerca de 1.350 famílias.

Compartilhe:

PRÓXIMAS NOTÍCIAS