Foco do Brasil

Iniciativa do Governo Bolsonaro facilita a vida de trabalhadores Andreia Luiza Matias - 05/11/21 16:25

Imagem: Alan Santos/PR

A Carteira de Trabalho Digital atinge a marca de meio bilhão de acessos em seus serviços, em dois anos. A carteira de Trabalho Digital passou a substituir o documento físico de papel, por meio da Portaria nº 1.065, de 23 de setembro de 2019.

Só em 2020 fora mais de 270 milhões de acessos. Em 2021, o Governo Federal já registrou mais de 230 milhões de interações com os serviços, por meio do aplicativo e do portal gov.br/trabalho.

Por meio da plataforma, o trabalhador pode, por exemplo, acompanhar os registros de sua vida profissional, nas bases de dados governamentais – inclusive naquelas que já estavam registradas na Carteira de Trabalho em papel. Além disso, o trabalhador também pode fazer a requisição do seguro-desemprego e o acompanhamento do Abono Salarial.

Desde 2019, somando dispositivos móveis e web, quase 50 milhões de trabalhadores já foram beneficiados com a digitalização do serviço.

Em 2020 e 2021, o aplicativo se destacou por oferecer acompanhamento do Benefício Emergencial de Preservação do Emprego e da Renda (BEm)  aos trabalhadores.

Compartilhe:

PRÓXIMAS NOTÍCIAS