Foco do Brasil

Bolsonaro quer que famílias pobres recebam pelo menos R$ 400,00 Andreia Luiza Matias - 22/10/21 10:33

Imagem: Anderson Riedel/PR

Governo Federal anunciou a viabilização do Auxílio Brasil. Segundo a página oficial do governo, a determinação do presidente Jair Bolsonaro é que famílias em situação de extrema pobreza não receba menos do que R$ 400,00. O ministro da Cidadania João Roma explicou o funcionamento do novo programa.

“O programa permanente, que é o Auxílio Brasil, que sucede o Bolsa Família, esse programa tem um tíquete médio, portanto, o valor do benefício varia de acordo com a composição de cada família. Então, existem famílias que estão recebendo menos de R$ 100, e tem outras que recebem até mais de R$ 500. Esse programa terá um reajuste de 20%.”

O Auxílio Brasil tem nove modalidades diferentes. O auxílio integra em um só programa várias políticas públicas de assistência social, entre elas saúde, educação, emprego e renda. A promoção do desenvolvimento infantil e juvenil por intermédio de apoio financeiro a gestantes, nutrizes, crianças e adolescentes também é uma preocupação do programa.

O programa não deve ser apenas mais uma iniciativa assistencialista. Um dos objetivos é inserir jovens e adultos no mercado de trabalho. De modo que haja uma articulação entre políticas de assistência social e ações de inclusão produtiva, empreendedorismo e entrada na economia formal.

A previsão é de que o programa comece a ser pago em novembro, após a última parcela prevista do Auxílio Emergencial.

Compartilhe:

PRÓXIMAS NOTÍCIAS