Foco do Brasil

Bolsonaro critica política do Lockdown e Governador do Maranhão Da Redação - 10/03/21 11:06

Imagem: Foco do Brasil

O Presidente Jair Bolsonaro falou nesta quarta-feira (10) sobre como estaria o Brasil hoje em relação a Pandemia se Haddad teria vencido as eleições. O Presidente disse ainda que no seu entender, está havendo abuso com a política do ‘fecha tudo’ e criticou o Governador do Maranhão em relação ao investimento na Saúde, confira a declaração:

A gente fica agora vendo essa política do que está acontecendo no Brasil: Vírus… alguns usam politicamente isso aí. A maioria dos Governadores querem um Lockdown Nacional, imaginem se fosse o Haddad presidente? Nem precisava governador ter pedido.

Sabemos das dificuldades, o povo está sofrendo, está havendo abuso no meu entender nessa política de feche tudo, porque a economia não dá pra ver depois não. Tem gente que quando perde o emprego ou o negócio dele, nunca mais ele vai recuperar. Eu nunca passei por necessidade na minha vida, pais pobres mas nunca passei por necessidade, mas dá para imaginar umas pessoas com 2, 3 filhos, um casal, e perde emprego.

E a política do Lockdown que começou o ano passado não era para salvar vidas, era para dar tempo para os hospitais se reequiparem. Nós demos bilhões de reais para estados e municípios, e alguns estados investiram bem o recurso, outros não.

Questão de Vacina.. a primeira vacina nossa foi comprada em 6 de Agosto. O pessoal fala que eu sou negacionista. Eu vou mostrar o contrato e também o que o jornal publicou. Em dezembro resevamos 20 bilhões de reais para comprar vacina. Agora, o mundo não tem a Vacina. Em Agosto não tinha nada na Anvisa, nós compramos sem a Anvisa dar o aval, porém só seria aplicada com aprovação da Anvisa, não pode ser inconsequente.

Imagine se o PT fosse governo, com essa onda de comprar as coisas sem licitação, como é que seria? Como é que estaria a festa no Brasil? Eu não quero citar países, a gente estaria em uma miséria aqui.

Maranhão é um dos estados que recebeu muitos bilhões também. O governador lá pagou folha de salário, fez muita coisa mas não investiu na saúde. Eu não quero falar que não investiu… ou investiu muito pouco, quase nada. Não investiu o necessário o Maranhão na saúde.

Compartilhe:

PRÓXIMAS NOTÍCIAS