Foco do Brasil

Bolsonaro comemora criação de empregos em plena pandemia Andreia Luiza Matias - 26/05/21 20:05

Imagem: Marcello Casal Jr/ ABr

Presidente Jair Bolsonaro comemorou nesta quarta-feira (26), pelas redes sociais, a criação de novos postos de trabalho no Brasil, apesar de todas as dificuldades impostas pela pandemia. Bolsonaro destacou os mais de 120 mil empregos com carteira assinada gerados no mês de abril. Os dados são do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), e foram divulgados nesta quarta-feira (26) pelo Ministério da Economia.

“Apesar de todas as dificuldades causadas por medidas restritivas radicais, irracionais e irresponsáveis, nossos esforços para, além de combater o vírus, garantir a dignidade dos brasileiros que precisam trabalhar, hoje se traduzem em quase 1 milhão de empregos gerados em 2021. Lembro que antes mesmo dos agravantes provocados pelo “fecha tudo” e até por desvio de recursos, a crise da Covid-19 é um problema mundial. Nações sofreram e ainda sofrem duramente os impactos causados pelo vírus, seja por lamentáveis mortes ou pelo empobrecimento de seus povos”, destacou o presidente.

O saldo positivo é resultado de 1.381.767 contratações e de 1.260.832 demissões ao longo do mês. O estoque, que é a quantidade total de vínculos celetistas ativos, em abril de 2021 contabilizou 40.320.857 vínculos, o que representa uma variação de 0,30% em relação ao estoque do mês anterior. Ainda pelas redes sociais, o presidente lembrou que os resultados apresentados são fruto de grande empenho, por parte do Governo Federal, diante dos desafios impostos pela crise do novo Coronavírus.

“Sempre existiram dois desafios: o vírus e a economia. E apesar da mídia e da esquerda terem negado esse e outros fatos, adotando um discurso pseudocientífico para disfarçar a demagógica politização do vírus, nós priorizamos ambas as questões. Afinal, não há saúde na miséria. É por esta razão que hoje somos o 4° país que mais vacina no mundo, devendo alcançar brevemente 100 milhões de doses distribuídas pelo nosso governo, e fomos uma das economias menos afetadas, com desempenho superior a países como Alemanha, França, Itália, Japão e Reino Unido.”, afirmou o chefe do executivo.

Segundo os dados do Caged, apenas nos quatro primeiros meses de 2021, foram geradas 957.889 vagas com carteira assinada. Enquanto em 2020, esse mesmo saldo foi negativo com o fechamento de 763.232 vagas. De acordo com os dados informados, este ano houve criação de novos postos de trabalho em todas as regiões do país. Mesmo diante da notícia positiva, o presidente finalizou de forma cautelosa seu diálogo com os seguidores, das redes.

“Sabemos que não há muito o que comemorar, mas é preciso restabelecer a verdade do que foi e está sendo feito na prática, para que o pânico e o caos promovido pelos que desejam retomar o poder e suas práticas nefastas não triunfem. Brasil acima de tudo; Deus acima de todos!”

Compartilhe:

PRÓXIMAS NOTÍCIAS